The First Joke

São tantas as palavras que as vezes fica difícil começar. Mas vou tentar!

Parece até ironia ao dizer que até a forma como tudo começou foi com uma piada!

Eis que um dia, lá estava o jovem…eu… na casa de um amigo, aonde eu iria pernoitar. Enfim, estava animado, pois meu amigo tinha acabado de instalar speedy em sua casa ( e sim, naquela época o speedy era artigo de luxo!). Tudo estava planejado, afinal, eramos jovens (bem jovens) cheio de hormônios e com internet, isso só poderia significar uma coisa: Pornô!

Ok, provavelmente você, leitor, deve estar imaginando o rumo previsível dessa história, mas não é tão comum como parece.

Voltando, tudo estava planejado, até o momento em que veio a piada: A mãe do meu amigo iria sair pra curtir a noite, então, como toda boa mãe, antes de sair deu as recomendações: “Bom crianças, divirtam-se, se tiverme fome, vão a geladeira, comportem-se e olha lá esse computador ein, se quiserem vão ao site da G-Magazine, recomendo”.

Obviamente era uma piada dela, que meu amigo muito reclamou, e eu inicialmente também, mas aquilo ficou na minha mente. Eis que um dia eu tive internet banda larga em casa, e então resolvi seguir o conselho da mãe de meu amigo, e pronto, tudo começou! (Obs: naquele dia vimos só playboy)

Era engraçado, pois me sentia o maior pecador de todos, ao ver aquelas fotos e gostar!!!!!! Essa sensação seguiu por muito tempo, porém eram apenas fotos, eu apenas olhava e me atraía, não tinha nada de mais, né? hehehe

Até que em outro momento com outro amigo conheci o fatídico bate papo uol (sim, podem rir, eu falei que era piada) enquanto ele caçava meninas, eu reparei que a maioria eram boys atrás de boys, então, aproveitando meu anonimato e conforto do lar, resolvi entrar e caçar…amigos, apenas, amigos ! dizia que era HT, mas sem preconceitos. Tal situação durou bem e por um bom tempo até…até aquele dia!

Antes de continuar preciso comentar algumas coisas: Na época dos fatos descritos eu era bem diferente do que sou hoje, tanto em mentalidade como fisicamente. Eu era extremamente carente, sonhador e romântico utópico, porém muito mal apresentado fisicamente, acima do peso, péssimo gosto para roupas, óculos, aparelho (os malditos quadradinhos) e um corte de cabelo que é melhor nem comentar! Logo, eu era carente, mas não havia insana alma que se interessava em se aproximar de mim, a não ser um boy, que um dia demonstrou interesse. Oxe, como assim? Alguém querendo de fato ficar comigo, que está correndo atrás de mim? E não está dizendo que sou legal demais, que um dia encontrarei alguem tão legal quanto pra mim! OMG, o que fazer? Isso é muita novidade! Enfim, num ataque de loucura e carência aceitei o convite do boy, e rolou meu primeiro beijo e claro, o primeiro super ataque de paranoia!

Desde o beijo, fiz de tudo para não me aceitar, para fingir que nada tinha acontecido e que eu não me interessava pelos menininhos bonitinhos que passavam pela minha frente. Eis que o tempo passava, a paranoia aumentava, e eu não tinha com quem conversar, tudo parecia errado, confuso, até o momento em que resolvi voltar ao uol, onde encontrei outro boy, com quem o papo foi diferente, ainda sim, me apresentei como HT, e ele tb. Ótimo, eramos dois HTs open mind hehehe, com mesmas ambições, historias parecidas, até visual parecido. Tudo era tão parecido que até hj tenho orgulho de dizer que é praticamente meu irmão, pois foi ele quem me deu suporte para tudo que estava rolando, e claro, em troca ofereci tal suporte a ele, pois estavamos passando pela mesma situação. Bom, não só trocamos suporte, como também trocamos alguns meninos, mas isso é outra história 😉

Anúncios

Sobre The Joker

Uma pessoa que torna o drama de agora na piada do segundo seguinte e que sonha em conquistar os mais diversos risos e sorrisos. Um exatóide perdido entre as artes, as letras e os números. Brasileiro com um nariz made in Italy. Escuta de Joelma a Carmen de Bizet mas não vive sem seus 80′s! Não consegue sorrir? então dê a ele um pote de doce de leite. Não tem doce de leite? Então o rum resolve o problema. Toda e qualquer forma de arte, humor e ciência preenchem suas horas vagas, além do sono e da internet. Facilmente conquistável com belos sorissos, bom humor, corpos magros e sensibilidade a cócegas. Sofre dores de abstinência quando está longe dos amigos.

Publicado em agosto 10, 2011, em A descoberta, The Joker. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: