“?”

Queridos leitores, colegas, simpatizantes e amores…

Peço desculpas por não ser o autor mais assíduo do momento, porém tal situação me colocou em reflexão, pois ao ser questionado sobre minha ausência, dizia estar sem criatividade, sem ter o que escrever. OPA, peralá, o que faltaria, afinal, para um bom post?

Faltam pessoas na sua vida? Não

Faltam histórias acontecendo? Não

Faltam Rolos? Não, pelo contrário, estão sobrando rolos

Falta vocabulário? Não (ao menos eu creio que não)

E então? Da onde vem a critividade? De onde virá o fato que me deixará animado a ponto deu querer relatá-lo? O que está faltando afinal?

Ok, a resposta perfeita poderia ser “Tempo”, mas se tenho tempo para rolos, por que não tenho tempo para mim? Digo, para uma reflexão sobre tudo que está ocorrendo e tudo mais?

Agora sim parecemos ter uma pergunta melhor, com mais nexo, mas será que eu quero de fato assumir a resposta?

Gente, parece que antes que eu termine esse post, meu botão de “?” aqui do computador vai afundar. Então o jeito é parar de ficar buscando apenas questionamentos e trabalhar em algumas respostas.

Então chega de enrolação, né? (E lá se foi mais uma interrogação).

De fato, acho que muitas vezes tenho medo de refletir sobre tudo que está acontecendo, afinal, perguntar é fácil, responder pode ser difícil, quando não, assustador. Principalmente quando somos nós mesmos, tendo que responder a nós mesmos sobre nossas ações.

Sinceramente, não sei nem se esse texto está com algum nexo, pois é assim que funcionamos algumas vezes: quando somos questionados e cobrados de nossas ações, muitas vezes simplesmente enrolamos e nos acomodamos nas situações, evitamos refletir, e geralmente, mantemos os mesmo erros, mas evitamos as dores! (Será?)

Em breve pretendo relatar mais causos, histórias e situações, e assim, aprender mais comigo mesmo, permitir-me refletir, além de dividir e quem sabe, até ensinar 😉

Então, um grande beijo a todos, e aguardem =)

Anúncios

Sobre The Joker

Uma pessoa que torna o drama de agora na piada do segundo seguinte e que sonha em conquistar os mais diversos risos e sorrisos. Um exatóide perdido entre as artes, as letras e os números. Brasileiro com um nariz made in Italy. Escuta de Joelma a Carmen de Bizet mas não vive sem seus 80′s! Não consegue sorrir? então dê a ele um pote de doce de leite. Não tem doce de leite? Então o rum resolve o problema. Toda e qualquer forma de arte, humor e ciência preenchem suas horas vagas, além do sono e da internet. Facilmente conquistável com belos sorissos, bom humor, corpos magros e sensibilidade a cócegas. Sofre dores de abstinência quando está longe dos amigos.

Publicado em agosto 29, 2011, em Pensamentos, The Joker. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: