Deveríamos viver assim, sem criar!

Calma, calma gente, não to falando em deixar de criar coisas artísticas e viver sem magia. Isso seria um absurdo, ainda mais vindo de mim… 😛 

Estava apenas dizendo que deveríamos parar de criar expectativas ilusórias sobre situações, o que na maioria das vezes nos deixa frustrados e consequentemente infelizes.

É bem aquela coisa que nossos avós dizem: Procuramos cabelo em ovo, e o que acontece? Frustração, cansaço, medo, infelicidade. 

Faz tempo que eu luto por isso, por essa qualidade que poucos possuem, essa capacidade de conseguir viver apenas por suas atitudes, confiando e não se deixando entremear em ‘joguinhos’ que normalmente não tem vencedores. Passei por vários deles e sempre cai no obvio sofrimento. 

Hoje me vejo criando menos expectativas e mais arte. Deixando o rio correr seu curso, sem construir uma bomba propulsora que faça tudo ser mais rápido. Sabe quando as coisas acontecem sem pressão, sem cobranças? Então, essa é minha busca. E ai caímos no motivo para este post, estou vivendo isso, pela primeira vez.

Uma alegria incontrolável que transborda por meus olhos, por minhas palavras, por todos meus poros. E quero preservar essa serenidade que não me afoga em suas entranhas, pelo contrário me faz querer crescer, inventar, escrever, ser feliz. Essa sensação que me faz lembrar o que é motivação. Que me faz perceber que ser feliz não depende de ninguém apenas de você estar bem consigo, de até por vezes, abstrair o ruim e pensar apenas no bom, no que de bom acontece, nas coisas que possui e não aquilo que tanto quer possuir. 

É, a felicidade encontra apenas quem esta aberto a ela. Pode ser apenas um momento bom, mas eu sei que sei lidar com o ruim, e não sou boba pra não aproveitar o que bom acontece. Então coloco o aviso de FUI SER FELIZ em minha porta e aceito a presença de todos em minha casa.  😉

“Dificuldades reais podem ser resolvidas; apenas as imaginárias são insuperáveis.”

(Theodore N. Vail)

(Escrevi este post a algum tempo, mas sempre que leio percebo que é a cada segundo mais verdade!) 

Anúncios

Sobre GingerSin

Autenticidade e teimosia com pitadas de sarcasmo. Amante de culturas, com o intrínseco desejo de pisar em cada continente e molhar os pés em cada mar. Formação técnica em Moda e Estilo. Brasileira e italiana com um pitadinha de alemã. Não vive sem música, de Mpb a Rock. Amante da culinária em geral. Apaixonada por séries e livros. Morre por ombros, ainda mais se estes fizerem parte de um corpo feminino. Viciada em conhecimento.

Publicado em setembro 16, 2011, em Pensamentos, The Ginger. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: