Quase sem querer…

Hoje estava lá curtindo (?) uma esteira na academia, quando começou a tocar uma certa música no meu Mp3, uma música que me remeteu ao passado, por volta de uns 5 anos atrás, época em que eu estava em “início de carreira” (If you know what I mean – olha mamãe, sou poliglota) e então percebi que gostaria de compartilhar com vocês as sensações que essa música me trouxe naquela época. A música em questão, referenciada no título tem a seguinte letra:

Quase sem querer (Legião Urbana)

Tenho andado distraído,
Impaciente e indeciso
E ainda estou confuso,
Só que agora é diferente:
Sou tão tranqüilo e tão contente.

Quantas chances desperdicei,
Quando o que eu mais queria
Era provar pra todo o mundo
Que eu não precisava
Provar nada pra ninguém.

Me fiz em mil pedaços
Pra você juntar
E queria sempre achar
Explicação pro que eu sentia.
Como um anjo caído
Fiz questão de esquecer
Que mentir pra si mesmo
É sempre a pior mentira,
Mas não sou mais
Tão criança a ponto de saber tudo.

Já não me preocupo se eu não sei por que.
Às vezes, o que eu vejo, quase ninguém vê
E eu sei que você sabe, quase sem querer
Que eu vejo o mesmo que você.

Tão correto e tão bonito
O infinito é realmente
Um dos deuses mais lindos!
Sei que, às vezes, uso
Palavras repetidas,
Mas quais são as palavras
Que nunca são ditas?

Me disseram que você
Estava chorando
E foi então que eu percebi
Como lhe quero tanto.

Já não me preocupo se eu não sei por que.
Às vezes, o que eu vejo, quase ninguém vê
E eu sei que você sabe, quase sem querer
Que eu quero o mesmo que você.

Claro que por ser uma música, cada um tira sua própria interpretação, mas como disse, gostaria de dividir a minha interpretação com vocês!

A imagem que essa música me passa é a do momento de “auto-descoberta”, ou melhor dizendo auto-entendimento, é quando você começa a perceber que por mais que digam que é diferente, é tudo normal, é tudo bonito é que sempre há pessoas ao seu lado para te apoiarem, e justamente nessa época estava começando a fortalecer a amizade com The Serious e The Ginger, então é impossível não lembrar dos bons momentos que passamos juntos quando estávamos nos entendendo, nos divertindo da nossa forma, aprendendo a confiar uns nos outros e sempre rindo de tudo,  incluindo brincadeiras noturnas em esquinas, caminhadas, terrenos abandonados, visitas inesperadas de bêbados em uma biz, filmes de romance. Tudo era muito bom, vivíamos numa inocência onde nossa vida parecia underground de tal modo a dar um gostinho de viver perigosamente.

Claro que anos se passaram, muitas coisas mudaram, novos amigos apareceram, mas toda vez que ouço a música lembro de como a vida foi, e sempre será diversão pura ao lado das pessoas certas que veem o mesmo que eu !

Um beijo pra vocês e pra Leila Lopes (que anda sumida) !

Anúncios

Sobre The Joker

Uma pessoa que torna o drama de agora na piada do segundo seguinte e que sonha em conquistar os mais diversos risos e sorrisos. Um exatóide perdido entre as artes, as letras e os números. Brasileiro com um nariz made in Italy. Escuta de Joelma a Carmen de Bizet mas não vive sem seus 80′s! Não consegue sorrir? então dê a ele um pote de doce de leite. Não tem doce de leite? Então o rum resolve o problema. Toda e qualquer forma de arte, humor e ciência preenchem suas horas vagas, além do sono e da internet. Facilmente conquistável com belos sorissos, bom humor, corpos magros e sensibilidade a cócegas. Sofre dores de abstinência quando está longe dos amigos.

Publicado em fevereiro 14, 2012, em Pensamentos, The Joker. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Nossa essa musica também me faz lembrar dessa época, QUE SAUDADE. beijos amore!
    Amei o texto e o momento nostalgico!

  2. Eu não era dessa época, mas amei o texto!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: