Don’t do that…I

Gente, a muito tempo atrás quando a internet ainda era discada (lembram disso? caso sim, corre ligar pra consultora avon) e o youtube nem era um embrião, existia uma série de aplicativos denominados “Don’t do that…” e sempre havia um local após o nome, como por exemplo “Don’t do that at a funeral” ou “Don’t do that in the airplane” e por ai vai, e mostrava coisinhas que não seriam aconselhaveis a fazer no local indicado com um personagem que sempre se F**** no fim. Enfim, o que eu vneho agora eh compartilhar com vcs sugestoes de Don’t do that no relaionamento, na cama  e coisas afins !

A primeira sugestão então será relatada em forma de conto!

Eis que vc conhece a pessoa, conversam por um tempo e se encontram pra valer no domingo e vão pra cama (sim, sou a favor de sexo no primeiro encontro), tudo lindo, legal e divertido. AI na segunda, nada mais normal que querer repetir a dose !

Tudo começa bem, bjos, carícias, roupas pelo ar, mão aqui, boca ali, pele se tocando, tudo mto gostoso, até a pessoa resolver virar pra vc no meio do calor  e da explosão hormonal: “Namora comigo?”

OI?…NAO…DONT DO THAT, NAO PEÇA algém em namoro num segundo encontro e muito menos no meio do sexo.

Claro, se for aquele sexo super romantico, apos um jantar elaborado, com direito ao mesmo fio de macarrão prum bjo, com tudo já preparado e esquematizado, ok, é até entendível, mas nem sempre tolerável tá?

Mas se for um sexo mais rotineiro, mais hormonal, mais de instintos primitivos, NÃO faça isso, é tão broxante quanto calcinha cor da pele !

 

Então galere, anota a dica ai e esperem por outras !

Um bjo bem dado pra compensar a broxada !

Anúncios

Sobre The Joker

Uma pessoa que torna o drama de agora na piada do segundo seguinte e que sonha em conquistar os mais diversos risos e sorrisos. Um exatóide perdido entre as artes, as letras e os números. Brasileiro com um nariz made in Italy. Escuta de Joelma a Carmen de Bizet mas não vive sem seus 80′s! Não consegue sorrir? então dê a ele um pote de doce de leite. Não tem doce de leite? Então o rum resolve o problema. Toda e qualquer forma de arte, humor e ciência preenchem suas horas vagas, além do sono e da internet. Facilmente conquistável com belos sorissos, bom humor, corpos magros e sensibilidade a cócegas. Sofre dores de abstinência quando está longe dos amigos.

Publicado em abril 3, 2012, em Geral e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: