É possível reconquistar a confiança?

E ai meus queridões! Espero que estejam bem! Estou passando por uma situação complicada, e quero compartilhar com vocês todos.

“A confiança perdida é difícil de recuperar. Ela não cresce como as unhas.” – Johannes Brahms, compositor alemão. É com essa frase que começo.

Acho que todos já confiamos erroneamente numa pessoa. E essa pessoa, uma hora, nos decepcionou. Estragou a visão linda que tínhamos da nossa relação (seja esta em qualquer nível), destruiu o alicerce da construção que estávamos juntos executando.

E, pelo menos pra mim, não existe reconfiar. Eu consigo perdoar, mas não consigo esquecer. Egoísta? Pensava que não. Eu ia ter medo do sujeito me decepcionar de novo, e ia me segurar. Não ia dividir minhas conquistas, minhas derrotas, ia ficar na defensiva, até mesmo numa conversa boba do dia-a-dia.

Mas ultimamente estou no drama contrário. Há algum tempo atrás eu decepcionei esse amigo. Ele é uma pessoa fantástica, com várias qualidades. Algumas que eu jamais poderei ter. Outras que eu escolhi não ter. Ao meu ver, ele é uma das pessoas que mais respeito.

E tudo porque eu fui infantil! Eu fui egoísta em lidar , do meu jeito, com a situação pela qual passávamos, sem me preocupar com o que ele pensaria e sofreria. Tivemos oportunidade de voltar a conversar há poucas semanas, mas é muito claro o resultado do que fiz: ele não confia mais em mim. E não o culpo! Eu também não confiaria. Pergunto-me até se ele conseguiu me perdoar.

E agora eu paro pra pensar quando alguém tentou se reaproximar de mim, depois de errar. Nunca houve quem conseguiu reconquistar um lugar entre minha lista de amigos depois de quebrar nossa base. Será que fui muito radical?

Porque é só agora, que estou como traidor, que vejo esse dilema todo. Mas belo hipócrita que sou! Pensar o que e quem já passou não vai mudar o passado. O que eu quero agora é reconquistar essa confiança. Mas com isso, não acabo traindo meus conceitos pessoais?

Como já falei anteriormente, ele é alguém muito especial , e independente desse raciocínio todo, espero que fiquemos bem.

Mas fica aí a reflexão. Você conseguiria reconfiar? Já o fez? Já foi “reconfiado”?

Anúncios

Sobre The Believer

Me dá um copo de bebida e coloca minha batida eletrônica. Pronto. Me soltei. Estudante das exatas, cheio de compromissos com a faculdade durante o dia, livre durante a noite (a quem interessar). Libriano (com um ascendente perigoso e bem influente em escorpião), poliglota até que se prove o contrário. Pop, rock clássico, melódico, indie rock, black music, mais pop. Acredito no melhor das pessoas, que existem figuras incríveis ainda para conhecer, situações inesperadas para viver, e no meio disso tudo, ser feliz.

Publicado em maio 5, 2012, em Pensamentos, The Believer. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Belo texto!

    Bom, eu acredito que é sim possível reconfiar, é só vc dar uma segunda chance ao sujeito. Todo mundo merece um segunda chance, inclusive vc.

    Claro, vcs podem voltar a ser amigos como eram antes, é possível, mas se outro deslise acontecer, as coisas podem piorar.

    Relacionamento é como aliança, uma lasquinha pode ser consertada e parecer que é 100%, mas vc vai saber que não é, sempre. Mas muitas lasquinhas podem virar um quebradinho grande e certas coisas nao tem conserto.

    Acredito que smepre vá da gravidade dos fatos.

    Boa sorte!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: