Paixão pelo erro

Sabe, esses dias aconteceu a seguinte situação tragicômica:

Conheci um boy de uma forma total “superficial”, ou seja, bebado em uma festa…ficamos, fomos pra casa dele, fizemos “o serviço” e fui embora ! Mas sem percebermos e sem querer acabamos entrando um na vida do outro, de forma que duas pessoas que não estão acostumadas a apegos, se apegaram…

GREAT, vcs diriam, afinal há esperanças, e já que nós nos entendemos e nos curtimos então fiquemos juntos !

 

mas claro que sempre há uma reviravolta na trama, quando descobrimo que o boy em questão está partindo para outro país em um mês =)

Com relação a isso, em uma das conversas o boy diz: Sabe, eu realmente estou curtindo você, mas não sei se é VC ou se é pq sei que vou viajar !

Eu respondi: O pior que me questiono o mesmo…me apeguei a vc pq é VC, ou pq sei que vc vai embora e terei uma desculpa para mais uma relação não dar certo ?

 

E com isso vem o desenrolar do post: Sabe aquele lance de “só gosto de quem não gosta de mim, só curto gente errada, tenho o dedo podr, etc, etc, etc” ?

Então, será que gostamos de gente errada apenas, ou é pq gostamos de nos apegar aquilo que sabemos que não dará certo? pois assim teríamos uma desculpa, algo/alguém a quem culpar pelo fracasso do relacionamento, de forma que sempre seremos as vítimas inocentes e nunca os culpados… =O

No fim, parece que gostamos de viver sozinhos, mas não queremos nos responsabilizar por isso e então buscamos (mesmo que de forma inconsciente) por algo fadado ao erro =S

 

Não sei, posso estar enlouquecendo mas pelo que minha experiência própria e alheia diz, parece que isto que foi relatado realmente ocorre ! Portanto creio que precisamos parar para refletir mais sobre nossas ações e ver o que de fato queremos, traçar objetivos e nos permitir alcança-los, sem procurar por desculpas mas sim por sucessos =)

 

E essa foi a lição de moral do dia ! hahaha

Bjos errados a todos 😉

Anúncios

Sobre The Joker

Uma pessoa que torna o drama de agora na piada do segundo seguinte e que sonha em conquistar os mais diversos risos e sorrisos. Um exatóide perdido entre as artes, as letras e os números. Brasileiro com um nariz made in Italy. Escuta de Joelma a Carmen de Bizet mas não vive sem seus 80′s! Não consegue sorrir? então dê a ele um pote de doce de leite. Não tem doce de leite? Então o rum resolve o problema. Toda e qualquer forma de arte, humor e ciência preenchem suas horas vagas, além do sono e da internet. Facilmente conquistável com belos sorissos, bom humor, corpos magros e sensibilidade a cócegas. Sofre dores de abstinência quando está longe dos amigos.

Publicado em julho 16, 2012, em Geral. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: