Nostalgia

Hoje acordei nostálgico.

Senti saudade da infância, das brincadeiras com os primos, de ajudar a vovó a raspar a tigela do bolo de chocolate que estava no forno; das tardes vendo filme, jogando tazzo, brincando de futebol com bolinha de papel. Da alegria dos banhos de chuva de verão, do medo das tempestades, da ansiedade pelo sol. Da falta de preocupação, da falta de medo do futuro, de como aproveitar tão bem o presente e de não remoer o passado.

Saudade da escola, do dia que antecedia o primeiro dia de aula, onde a ansiedade não deixava nem dormir. Dos primeiros amiguinhos, da professora tão querida e amável, do conhecimento das aulas, do recreio, das pegadinhas, das broncas por alguma travessura.

Saudade da adolescência, do primeiro beijo, das mudanças assustadoras no corpo, das brigas com amigos que seriam eternas, mas que duravam só até o dia seguinte. Saudade das inseguranças, dos anseios, da vontade de ser adulto. Saudade das viagens, dos pais tão cautelosos e de mim tão despreocupado.

Saudade dos primeiros anos de faculdade, da primeira aula de carro, dos exames assustadores do Tiro de Guerra, da perda da virgindade, das risadas, do primeiro porre, do primeiro namorado e da primeira desilusão amorosa. Saudade dos entes que já se foram e dos amigos com os quais não falo mais. Saudade.

Tenho saudade de tanta coisa que a nostalgia sempre vem acompanhada da amiga melancolia. E dói, bem lá no âmago. Mas é uma dor gostosa, que nos faz sorrir, chorar, relembrar.

Ah! Essa nostalgia, que surge sem ser chamada, aperta nosso coração e torna o ar mais rarefeito. Mas que também serve pra nos lembrar que a vida tem momentos bons, que devem sempre ser lembrados e revividos, para nos dar força para seguir em frente.

Anúncios

Sobre The Serious

Capricorniano nato, organizado e extremamente perfeccionista. Idealizador, que quer conhecer o mundo todo. Turismólogo por formação. Brasileiro e orgulhoso disso! Ama bife de picanha com arroz, feijão, farofa e batata frita e não abre mão de uma boa dose de Absolut, seja com coca, com suco, com gelo. Leitor ávido de todos os tipos de livro. Ouve todo tipo de música, de Cher à Victor e Léo. Adora uniformes e ternos. Viciado em viagens. Postagens às quartas.

Publicado em novembro 14, 2012, em Pensamentos, The Serious. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: