O que eu quero ?

Primeiro: Não quero Pudim, nem Tangerina e Nem Bukkake, pelo menos não agora, ok, Mario Alberto? HAHAHAHAHAHAHAHAHAH

Mas falando sério,

Antes da discussão, um diálogo adaptado:

A: Antes nos dávamos tão bem, hoje em dia brigamos sempre, por tudo, por mais ínfimo que seja !

B: Estavamos no começo, agora nos conhecemos melhor, temos mais intimidade, e com o tempo as relações amadurecem e as diferenças surgem !

E bom, o diálogo se estendeu por um bom tempo com coisas que não são tão interessantes…mas e a partir do trecho selecionado que quero falar !

Como assim: com o tempo e a intimidade o relacionamento amadurece e as dificuldades surgem?…é isso que é ser casal ? É se habituar ao outro com o passar do tempo, tipo, acostumar-se a ter certa pessoa ao lado ? e todo o encanto tornar-se paciência para discutir diferenças para manter o acomodamento progredindo ?

Desculpem, mas se for isso eu não quero amadurecer, sei que digo isso correndo o risco de ficar velho e solitário, mas não, eu não quero uma estabilidade cômoda!

Eu quero um namoro eterno, quero brilho nos olhos sempre, quero a surpresa das mensagens, o sorriso nas pequenas ações … Mas se isso so cabe ao início de um relacionamento, então que eu viva de inícios com as mais diversas pessoas ! Chamem do que quiser, de leviano, de superficial e de insensível, que eu lhes direi que as emoções do começo são bem intensas. Quem nunca sentiu aquele tremer de corpo junto ao tremer do celular esperando que seja a mensagem DAQUELA pessoa ? Aquele sorriso, que ninguém entende, pois só você esta imaginando a pessoa em sua cabeça e vem aquela intensa saudade e vontade?

Quer coisa mais sensível do que o jogo da conquista? A busca pelo sentimento alheio recíproco … pensar em palavras para conquistar…

Ou seria intensidade e sensibilidade as discussões rotineiras? A acomodação, o sentar em casa cada um num sofá, o se isolar do mundo porque já esta cansado e já se tem garantido alguém pra desejar boa noite ?

Não, eu não quero desejar boa noite, eu quero conferir uma boa noite, quero mostrar a lua e à Lua a pessoa que quero conquistar. Quero poder a cada dia descobrir novas formas de conquistar um sorriso, de enxugar uma lágrima.

Quero rir das trapalhadas e não brigar pelas diferenças, Quero dormir ansioso pela visita e não acordar puto pela discussão. Quero chorar de saudade e não de raiva. Quero fechar os olhos para boas surpresas e não para tolerar fatos.

Quero poder sentir em cada abraço apertado a respiração do outro, fechar os olhos e relembrar a sua face…buscar no dicionário palavras novas pra dizer e quando essas esgotarem quero inventar novos dialetos, novas línguas, quero inventar novas maneiras de estar ao seu lado e de fazer com que queira estar ao meu…quero conquistar todos os dias…

NÃO, eu não quero me acostumar, não quero amadurecer, quero namorar eternamente, viver o momento onde as diferenças só tornam tudo mais excitante e não frustrantes !

Boa noite posso dizer ao William Bonner (Porque me recuso a falar com a Fátima Bernardes com aquele programa novo horrendo hahah)

Eu não quero alguém como simples garantia de estar lá, pois dessa forma sei que continuaria sozinho…é preciso ter alguém em quem pensar. Estar junto é ter sempre que buscar maneiras de conquistar a outra pessoa diariamente.

Enfim, é isso que eu quero ! E se for preciso vou namorar 300, mas garanto que farei desses 300 os mais felizes !

Bjos a todos vcs, seja 1, 2, 300 ou mil ! =)

Anúncios

Sobre The Joker

Uma pessoa que torna o drama de agora na piada do segundo seguinte e que sonha em conquistar os mais diversos risos e sorrisos. Um exatóide perdido entre as artes, as letras e os números. Brasileiro com um nariz made in Italy. Escuta de Joelma a Carmen de Bizet mas não vive sem seus 80′s! Não consegue sorrir? então dê a ele um pote de doce de leite. Não tem doce de leite? Então o rum resolve o problema. Toda e qualquer forma de arte, humor e ciência preenchem suas horas vagas, além do sono e da internet. Facilmente conquistável com belos sorissos, bom humor, corpos magros e sensibilidade a cócegas. Sofre dores de abstinência quando está longe dos amigos.

Publicado em março 19, 2013, em Pensamentos, The Joker. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: