Arquivos do Blog

Um pouquinho atrasada…

Dia 08/03 …  Dia internacional da Mulher, podia ser um dia qualquer mas acredito que após anos e anos de mudanças buscando igualdade, logicamente sem perder as diferenças, merecemos um dia para nos. Merecemos comemorar e ter orgulho de termos nascido mulheres, fortes, corajosas, ambiciosas e talentosas. Ser mulher já diz mais que mil palavras, temos o poder da vida, e o maior amor existente de filhos para com mães, temos que viver com todas as desvantagem, procurando vantagens, mas sem deixar de ser majestosas. Como não amar uma mulher? Nascemos amando uma incondicionalmente, e conforme crescemos observamos as mulheres em nossa volta, fortes a sua maneira, vivendo, sobrevivendo, e nos emocionando. Mulher, corpo curvilíneo e delicado, que mesmo em suas varias formas sempre escondem a delicadeza e fragilidade. Mulher, olhar profundo e misterioso, esconde uma menina atras da força de uma vida corrida e cheia de sonhos. Mulher, quem não é não sabe, e quem não ama não vive! sempre existe uma mulher em sua vida, sendo você uma ou não.

“No princípio eu era a Eva
Criada para a felicidade de Adão
Mais tarde fui Maria
Dando à luz Àquele
Que traria a salvação
Mas isso não bastaria
Para eu encontrar perdão.
Passei a ser Amélia
A mulher de verdade
Para a sociedade
Não tinha a menor vaidade
Mas sonhava com a igualdade.
Muito tempo depois decidi:
Não dá mais!
Quero minha dignidade
Tenho meus ideais!
Hoje não sou só esposa ou filha
Sou pai, mãe, arrimo de família
Sou caminhoneira, taxista,
Piloto de avião, policial feminina,
Operária em construção…
Ao mundo peço licença
Para atuar onde quiser
Meu sobrenome é COMPETÊNCIA
E meu nome é MULHER..!!”
 
Parabéns a todas as … !!!!!!!!!

😉

Ah, relaxa, eu curto menininhos!

Tem coisas na vida que parecem não ter explicação, né? Vou descrever uma breve situação que parece ser uma dessas coisas.

Festa de formatura de alguém, “bons drink” com absolut, lambrusco, saquê e black label…enfim tudo para deixar alguém mais sociável =)

Eis que nesse momento de alta socialização me deparo com uma das meninas mais desejadas do meu curso, e obviamente fui socializar…logo após um pouco de papo o seguinte diálogo decorre:

Eu: Então, eu preciso muito te beijar.

Ela heista e faz uns grunhidos.

Eu: Ah, relaxa, eu curto menininhos =D

Ela (abre um sorrisinho): AAAAA, então tudo bem !

E enfim, o beijo ocorre…e detalhe, não foi a primeira vez que ocorreu uma situação desse tipo comigo, tanto que sempre falo pros meus amigos héteros: chega na menina e fala que você é gay que ela fica contigo! Hahaha

Alguém mais já presenciou algo assim? =D

Beijos gelados, por que já está quente o suficiente lá fora (Y).